Resenha: ATÉ O ÚLTIMO HOMEM.

Oi oi gente! Como vocês estão? Conseguiram curtir as promoções da Black Friday? Bem eu esperava promoções melhores e fiquei um pouco decepcionada com o preço de alguns livros. Porém consegui comprar alguns bacanas e logo, logo comentarei sobre eles aqui com vocês. ❤

Voltando ao post hoje quero comentar sobre um filme maravilhoso, que irá te fazer refletir e ensinar maravilhosas lições de vida chamado Até o Último Homem. Portanto, sem mais delongas vamos a resenha. #Fighting

["<i>Hacksaw Ridge</i> is an inspirational film based on the true story of Desmond Dossu2019 time serving in the army as a medic. As a Seventh-Day Adventist and Conscientious Objector, Dossu2019 fellow soldiers didnu2019t think heu2019d be a valuable asset. But when it mattered most, he sacrificed everything to save at least 75 of his men during one of the bloodiest battles in World War II, earning him a Medal of Honor.<br><br>Stars Andrew Garfield and Sam Worthington. Nominated for six Aca

» Ficha Técnica:

Título: Até o Último Homem
Título original: Hacksaw Ridge
Data de lançamento: 26 de Janeiro de 2017
Duração: 2h 20min
Direção: Mel Gibson
Gênero: Drama, Guerra, Biografia

» Sinopse:

Durante a Segunda Guerra Mundial, o médico do exército Desmond T. Doss (Abdrew Garfield) se recusa a pegar em uma arma e matar pessoas, porém, durante a Batalha de Okinawa ele trabalha na ala médica e salva mais de 75 homens, sendo condecorado. O que faz de Doss o primeiro Opositor Consciente da história norte-americana a receber a Medalha de Honra do Congresso.

» Opinião:

“A guerra é um conjunto de circunstâncias diferentes.”

O filme conta a história do médico militar Desmond T. Doss (Andrew Garfield), que devido as suas convicções recusa-se a pegar em armas ou matar pessoas. Tudo estaria bem caso uma Segunda Guerra Mundial não estivesse explodindo e, até então, portar uma arma fosse a única forma de se manter vivo  e ajudar quem se ama em meio a uma guerra.

Sua primeira luta ocorre com os seus superiores, pois ele só pode ser qualificado como médico e, consequentemente, trabalhar na ala médica se passar em todos os exames de qualificação, sendo um deles o de armamento. Batendo de frente com o que acredita e correndo o risco de ser preso, por descumprir ordens, Desmond vê o seu mundo ruir aos poucos, mas pode encontrar na sua fé uma aliada imbatível, pois mesmo enfrentando dificuldades e sendo constantemente estimulado a desistir e abrir mão Desmond, o jovem médico surpreende a todos ao manter-se firme em seus ideais e mudar a vida de todos.

794 Likes, 15 Comments - Hacksaw Ridge (@hacksawridge) on Instagram: “Desmond Doss (Andrew Garfield) always stood up for what he believed in. #HacksawRidge”

O filme retrata bem o horror da guerra e as dificuldades enfrentadas. Achei interessante o fato de que em um ambiente em que a esperança era inexistente e os soldados já não podiam esperar nada mais além do fim possuem seus destinos mudados pela decisão de um homem. A luta, esforço e certeza de um fez toda a diferença na vida de vários. Isso me fez refletir bastante sobre o nosso propósito e nossas convicções. Porque Desmond estava ali e decidiu não escolher o caminho mais fácil os seus amigos puderam ter uma nova chance.. isso é extraordinário.

Obviamente que as cenas de guerra são terrivelmente perfeitas a ponto que ficamos agoniadas. A equipe de sonoplastia, editor de imagens e diretor de fotografia conseguiram trazer o espectador para cena e por muitas vezes consegui me sentir naquele lugar, vendo aquelas imagens, estando no lugar do protagonista e vivendo aquele horror. Desta forma o modo como a história é contada nos leva a sermos empáticos e facilmente, naturalmente até, somos levamos a nos questionar quais seriam as nossas escolhas se estivéssemos naquele ambiente hostil chamado guerra. Será que teríamos a mesmas coragem?

Resultado de imagem para hacksaw ridge gif

“A maioria desses homens não crê da mesma forma que você. Mas eles acreditam tanto no quanto você crê.”

Acredito que em alguns momentos o filme exagera com a violência, mostrando mais do que eu desejava ver (ou do que suportaria), mas entendo o contexto. Portanto, não foi algo que chegou a me incomodar ou comprometer a experiência.

Os atores coadjuvantes são incríveis e mostram como o contexto familiar também influenciou para que Desmond construisse a sua personalidade e obtivesse as suas convicções. Embora eu tenha achado algumas pontas soltas entendi que foi pouco tempo para muitos elementos.

Enfim, o palco da Segunda Guerra Mundial faz com que a vida desse jovem médico e suas convicções sejam testadas até os últimos limites. Até o Último Homem utiliza o caos como um subterfúgio para algo muito mais complexo como o drama real de um médico que luta para manter seus ideais e sentimento caloroso que ele cultiva por seus irmãos soldados. Apresento o filme como uma excelente obra que te fará refletir sobre valores e ideais. Até onde você está disposto a lutar pelo que acredita?

“E Jesus disse: ‘Um novo mandamento vos dou. Ame o seu próximo como eu vos amei’.”

Até a próxima…
Beijos,
Polly ❤

Imagem relacionada

Anúncios

2 comentários sobre “Resenha: ATÉ O ÚLTIMO HOMEM.

  1. Um exemplo de que lutar por suas crenças tem sua recompensa. Eu gostei muito do filme. Andrew Garfield esta impecável. Ele sempre surpreende com os seus papeis, pois se mete de cabeça nas suas atuações e contagia profundamente a todos com as suas emoções. Na minha opinião, Até O Último Homem foi um dos mehores filmes de guerra que foi lançado. O ritmo é bom e consegue nos prender desde o princípio O filme superou as minhas expectativas, o ritmo da historia nos captura a todo o momento. Além, acho que a sua participação neste filme drama realmente ajudou ao desenvolvimento da história.

    Curtido por 1 pessoa

    • Olá Fernanda! Bem vinda ao Cantinho ❤
      Concordo com você. O filme trás várias lições interessantes, sem falar que mostra que quando você se mantém fiel aquilo que acredita as coisas acabam se resolvendo. Enredos que enaltecem valores e princípios são meus preferidos. Também concordo com relação a atuação do Adrew. Ele estava incrível no papel e, em vários momentos, sofri junto com algumas cenas. Para mim "Até o último homem" deveria ser um filme obrigatório a todos.
      Obrigada pelo comentário e carinho. Super beijo, Polly ❤

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s