Resenha: O PODEROSO CHEFINHO.

Oi gente! Como vocês estão? Hoje eu gostaria de trazer um super dica de filme que assisti nos últimos dias e simplesmente amei. O poderoso chefinho é mais uma das animações que acabaram mexendo com meu coração mole e eu decidi compartilhar essa experiência com vocês.

Imagem relacionada

» Ficha Técnica:

Título: O poderoso Chefinho
Título original: The Boss Baby
Data de lançamento: 30 de março de 2017
Duração: 1h 38min
Direção: Tom McGrath
Gênero: Animação, Comédia

» Sinopse:

Um bebê falante que usa terno e carrega uma maleta misteriosa une forças com seu irmão mais velho invejoso para impedir que um inescrupuloso CEO acabe com o amor no mundo. A missão é salvar os pais, impedir a catástrofe e provar que o mais intenso dos sentimentos é uma poderosa força.

 

» Opinião:

Tim é um garotinho com uma imaginação extremamente fértil, que não tem do que reclamar. Filho de pais trabalhadores e extremamente dedicados (ao contrário da expectativa) Tim vive no mundo da fantasia, onde trava verdadeiras lutas mortais e recebe bastante carinho, amor e atenção do casal que o trouxe a vida. Entretanto, um belo dia ele descobre que ganhará um irmão, um bebê que chega sem aviso e começa a “sequestrar” a atenção dos pais de Tim, que, naturalmente, fica enciumado.

Imagem relacionada

Entretanto, o novo integrante da família possui algumas características bastante peculiares como: a habilidade de falar, ótimo poder de liderança, além de usar terno, carregar uma maleta e ainda ter chegado de táxi. Tornando a experiência de ter um irmão mais novo ainda mais complicada.

Resultado de imagem para poderoso chefinho gif

O fato é que o “novo” irmão é na verdade um gerente de uma corporação, que possui como objetivo evitar que os bebês deixem de ser produzidos e o “Chefinho” é enviado a família de Tim com o objetivo de identificar e relatar a nova ameaça na briga pela atenção dos adultos. Para Tim, no entanto, unir forças com o bebê e ajudá-lo a ser bem sucedido significa não ter mais que dividir a atenção dos seus pais e ser novamente uma criança feliz.

O enredo é um pouco complexo, mas bem bolado. Temos várias cenas engraçadas em que Tim tenta de forma desesperada mostrar a verdade aos pais, que leem a implicância como algo natural da relação entre irmãos. Particularmente, não fui cativada pela sinopse do filme, que simplesmente deixou a desejar e este é sem dúvida um ponto a melhora nele. Entretanto, a proposta dele somado com o Thailer foram fatores decisivos que ajudaram e muito a ser cativada. Principalmente, pelo fato de eu ser irmã mais velha. Logo em alguns minutos de filme consegui me colocar no lugar de Tim e entender seus questionamentos quanto a receber um novo irmão.

Resultado de imagem para poderoso chefinho gif

O filme explora bastante (e de forma inteligente) a questão do ciúmes entre irmãos, além da importância de acolher e amar um novo membro da família. Eu simplesmente amei a forma como cada elemento foi desenvolvido ao longo do enredo. Enfim, O Poderoso Chefinho traz voz a temática dos relacionamentos familiares abordando a metáfora do conturbado e competitivo relacionamento entre irmãos. Utilizando a criatividade e magia do cinema para entreter, cativar, alegrar e até nos deixar sensíveis as curvas inesperadas da trama. Fazendo-nos refletir sofre as relações fraternais e o significado delas para nossa vida.

Quem tem irmão vai entender e muito os personagens, quem não tem também vai se surpreender por conseguir ser cativado da mesma forma.

Beijos,
Polly ❤

Imagem relacionada

Anúncios

5 comentários sobre “Resenha: O PODEROSO CHEFINHO.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s